Adventistas Gays

Movimento Adventista Homossexual

Com que roupa ir à Parada Gay?

Posted by Pr. Adventista Gay em 2011, 26 de junho

A Parada Gay 2011 vai começar em instantes, e você não tem a menor ideia de que roupa usar? Aqui vão algumas dicas oficiais da Prefeitura de São Paulo.

A Prefeitura de São Paulo produziu um material com recomendações de discrição a quem vai assistir ou participar da 15ª Parada do Orgulho LGBT neste domingo na Avenida Paulista. Totem produzido pela São Paulo Turismo (SPTuris) para a campanha “Parada Limpa” — de fiscalização e controle urbano no evento — foi exposto nesta quarta-feira na sede da Prefeitura e orientava manifestantes a usar roupas pouco chamativas. “Compre seu bilhete de Metrô antecipadamente e evite o uso de fantasias mais ‘ousadas’ nas dependências do Metrô.” Na versão em inglês, lia-se: “Avoid to wear ‘scandalous’ costumes at the internal Subway dependences (Evite vestir trajes escandalosos nas dependências internas do Metrô)”.

Bixa espalhafatosa

Bixa espalhafatosa

Outras frases recomendam uso de roupas leves e confortáveis, inclusive agasalhos, por causa do frio nesta época. A Prefeitura também diz para homossexuais e simpatizantes andarem em grupos e evitarem celulares, câmeras e objetos de valor, além de não consumirem bebidas de ambulantes e jogarem lixo nas 1.200 lixeiras e três postos de coleta seletiva que serão instalados no percurso da passeata.

A Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo, que organiza o evento, disse que não foi consultada sobre a elaboração dos comunicados. “Esse material pertence à Prefeitura, não à Parada”, afirmou o presidente da entidade, Ideraldo Beltrame. Ele reprovou os conselhos, apesar de acreditar que o material será usado somente para divulgação interna. “A gente também faz essa recomendação para andarem em grupos, sempre acompanhados e não facilitarem”, disse Beltrame. “Agora, com relação ao uso de roupas ou comportamento das pessoas, a gente não gosta muito de determinar ou tratar com estatutos o que as pessoas devem vestir ou como devem comportar-se. Ao contrário, a gente acha que é a celebração do orgulho de ser gay. Cada um é gay do seu jeito.”

Segurança

O prefeito Gilberto Kassab (sem partido) não acredita que possa haver confrontos entre grupos homofóbicos e intolerantes, como os skinheads, e os participantes da parada. “Já tivermos diversas edições da parada, mas temos a Polícia Militar lá,” disse. A Guarda Civil Metropolitana também deve reforçar o esquema de segurança.

Para a associação, porém, há pontos vulneráveis para ataques contra homossexuais. “O entorno é o grande perigo. Principalmente quando as pessoas estão em pequenos grupos, andando sozinhas, isoladas”, disse Beltrame. “Temos um planejamento para que não se crie situações que possam facilitar esses ataques. Nesse sentido, a preocupação com o encerramento é crucial, porque as pessoas vão se dispersar e aí não há mais grandes grupos.”

A expectativa da Prefeitura é que mais de 3 milhões de pessoas participem desta 15ª edição da parada. Para comemorar o 15.º aniversário do evento, a organização está preparando uma valsa no meio do evento. Os 22 trios elétricos vão reproduzir versão da tradicional Danúbio Azul.

Fonte: As informações são do blog do Jornal da Tarde do Estadão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: